Sejam bem vindos

Sejam bem vindos a este blog, que Deus lhes abençoe.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

OS REMANESCENTES DE DEUS.



“Também Isaías exclama acerca de Israel: Ainda que o número dos filhos de Israel seja como a areia do mar, o remanescente é que será salvo”. (Rm 9.27)
Em meio a todos os momentos difíceis que enfrentou o povo de Israel, e em todas as situações descritas na Bíblia em que se voltaram contra Deus. Os remanescentes sempre foram lembrados pelo Senhor. Quem eram esses remanescentes? O que faziam para ser lembrados por Deus? É o que veremos neste tópico.
Segundo o novo comentário bíblico do antigo testamento a palavra remanescente significa sobrevivente, estes eram aqueles que sobreviviam as inovações e aos ataques das forças do mal. Independente das situações e as adversidades mostravam-se fieis ao Senhor, não se contaminando com as mazelas do inimigo. Viviam na contramão das injustiças e das vontades do diabo e destacaram-se pela aversão ao pecado e fidelidade a Deus. Em muitos casos eles são encontrados na Bíblia como a minoria, em outros com um numero bem maior.
Embora nem sempre saibamos onde eles estão estes existem. E quando pensamos que estamos sozinhos, Deus nos prova que seus remanescentes estão espalhados por ai também vivendo uma vida de compromisso com sua palavra. Foi assim com Elias, diante das perseguições e das adversidades ele disse: “Eu tenho sido em extremo zeloso pelo SENHOR Deus dos Exércitos, porque os filhos de Israel deixaram a tua aliança, derrubaram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada, e só eu fiquei; e buscam a minha vida para ma tirarem” (IRs 19.14). Quando Elias proferiu estas palavras pensando está sozinho lhe disse o Senhor: “Também deixei ficar em Israel sete mil: todos os joelhos que não se dobraram a Baal, e toda a boca que não o beijou” (IRs 19.18). Deus mostrou para Elias que ele não estava sozinho, existia um povo que também não tinha se contaminado com o pecado.
Deus ainda conta com os remanescentes. Em um século onde os homens pendem para o pecado, fazendo coisas que desagradam e ridicularizam os preceitos da palavra do Senhor, onde falsos ensinamentos são pregados levando milhares de vidas para caminhos totalmente errados, ainda existe um povo que faz a diferença.

1. Os que gemem e suspiram

“E disse-lhe o Senhor: Passa pelo meio da cidade, pelo meio de Jerusalém, e marca com um sinal as testas dos homens que suspiram e que gemem por causa de todas as abominações que se cometem no meio dela”.(Ez 9.4)
No livro de Ezequiel, mais precisamente no capitulo nove, Deus estabelece um juízo para o povo de Israel. Em uma visão Ezequiel viu seis homens, cada um com sua arma de matança na mão e entre eles um vestido de linho com um tinteiro de escrivão a sua cintura (Ez 9.2). A ordem do Senhor ao homem vestido de linho era que marcasse com um sinal na testa dos que gemiam e suspiravam por todas as abominações praticadas pelo povo (Ez 9.4). E para os cinco que matasse a todos, velhos, mancebos e virgens, criancinhas e mulheres, até exterminá-los. Porém, sobre os que tinham o sinal a ordem era para que não os tocassem.
Estes são os remanescentes, que gemem diante do pecado e suspiram a Deus por mudanças, que não cessam de orar e interceder pelo mundo que caminha a passos largos para o abismo. Estes são os marcados por Deus, não para fazer a diferença, mas porque já fazem a diferença onde estão.
O que mais nos deixa triste na continuação deste texto é que o Senhor ordena que os homens comecem pelo santuário, pelos anciãos que eram para conduzir o povo a Deus, no entanto, viviam uma vida dissoluta diante do Senhor.
Graças ao nosso bom Deus, que tem levantado neste século homens que suspiram e gemem pelas almas, que buscam a todo o momento a edificação do povo de Deus, estes não tenho dúvidas, estão selados com o selo do Espírito de Deus para continuar nesta peleja.

2. Onde estão os remanescentes do século XXI.

Eles estão entre o povo, suas atitudes são que os destacam dos demais, os sobreviventes do século XXI estão em um numero cada vez maior. Vejamos algumas de suas características:

2.1. Amam a palavra de Deus

Como cristãos verdadeiros, os remanescentes gostam da palavra de Deus, prezam pela sã doutrina o que faz com que não sejam facilmente enganados pelas falsas teologias pregadas em muitas igrejas e em diferentes meios de comunicação. É a palavra de Deus que nos possibilita enxergar o que a por trás de muitas falsas doutrinas, a fim de nos orientar em que caminho devemos prosseguir (Sl 119.105).

2.2. Oram

Os remanescentes de Deus não abrem mão da oração. Infelizmente muitos tem se afastado desta pratica, que precisa ser cada vez mais constante na vida do crente, é impossível vencermos se não orarmos. A oração é o meio pelo qual nos aproximamos de Deus, e quando nos aproximamos dEle nossa fé é fortalecida, nossas forças são renovadas e nossa esperança restaurada.

2.3. Não se misturam

Suas praticas de vida, não condizem com o sistema mundano, por isso não se misturam, buscam sempre o fortalecimento espiritual.

2.4. Tem aversão ao pecado

Não estamos querendo dizer aqui que estes não pecam, mas que procuram viver uma vida santa, aproximando-se de Deus e buscando em sua presença forças para resistir aos ataques do inimigo.

2.5. Suspiram grandiosamente pelo céu

Estes procuram permanecer fieis, pois almejam incansavelmente o céu. Quantos não estão dentro igreja, participam dos cultos, estão nas programações, e que perderam o foco do céu. Seus objetivos passaram a ser mais materiais do que espirituais.
Observe a sua volta e você vai perceber que existem centenas de pessoas com essas características, suplicando a Deus por milagres, por renovação, por avivamento, por melhorias e sem duvidas pelo céu.
Que o Senhor levante mais remanescentes nesses últimos dias que prenunciam a sua volta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário